Avaliações de clientes

Avaliado no Brasil em 16 de julho de 2021
Eu sou uma pessoa extremamente chata/crítica/receosa quando o assunto é livro, de cara eu simplesmente não dei nada para esse livro, eu pensei “Kel você anda desperdiçando esse seu talento e meu tempo.” gostaria de frisar aqui que PAGUEI COM A LINGUA.

SPOILER ABAIXO:

Vamos lá, Babi é a típica mulher brasileira, MULHER, ela sabe o que quer, trabalha com o que tem e o que não tem, confia no próprio tato e não abaixa a cabeça, nem quando o palco se torna escorregadio. Eu senti uma ótima representatividade em relação as descrições dos locais visitados pelos personagens e fiquei morrendo de vontade de conhecer esses lugares. Patrick é um americano que sabe beijar na boca ksksksksksks Brincadeiras a parte, Patrick me fez ocilar entre amar e odia-lo, no mais terminei o livro apaixonadíssima. A escrita da Kel é sem defeitos então nem vou falar nada. Eu não li todos os livros da Kel, então não posso afirmar se é o melhor livro dela ou qualquer coisa do tipo, mas posso dizer que vale a pena ler esse livro, é gostoso, os temas “pesados” são tratados de forma leve e nada fantasioso e dá para ler num só dia. Sabe aquela ressaca literária do caramba? Esse livro é excelente para te tirar daí.

POR QUE TRÊS ESTRELAS

Eu senti muito pouca ligação dos personagens segundarios, um melhor desenvolvimento sabe?

Queria mais de Mary Ann a cachorra e o pai de Patrick.

Um gringo dirigindo no Brasil... Um gringo dirigindo na grande São Paulo????
Ps. Achei engraçado, mas falando na boa vou confessa que a falta de semelhança com o mundo real sempre deixa uma sensação chata quando eu sei que na leitura deveria haver elemento condigentes com a realidade do século/lugar.

No final do livro tem uma questão que me deixou bolada, a saúde do Brasil é excelente, temos um dos melhores polos estudantis do mundo e uma banca pesquisadora com enormes feitos na ciência, estamos listados como um país sub-desenvolvido por questões que envolve a corrupção no nosso amado Brasil que vem desde antes de Lula ou Dilma. Senti um leve toque de síndrome de cachorro Vira-lata em relação a isso, se fosse um tratamento disponível só no exterior eu não dizia nada, mas não era sabe? Fiquei, como é que se fala... Sentida. Tomei as dores, senti como se a Kel tivesse falado de mim. Enfim.

Agora se permitem, vou abrir um adentro e dizer que devemos valorizar nossas escritoras Brasileiras.

Leiam KEL COSTA. LUCY FOSTER. CARINA RISSI. CASSIA CARDUCCI. MARI MONGI. LOUD CHAOS. MÔNICA CRISTINA.
22 pessoas acharam isso útil
Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,7 de 5 estrelas
4,7 de 5
2.445 classificações globais