Perguntas frequentes sobre pedidos e a COVID-19

Última atualização em 26 de agosto de 2021.

Acreditamos que nosso papel em atender nossos clientes seja fundamental neste período em que muitos não podem sair de suas casas. Estamos trabalhando para garantir a disponibilidade de produtos e sua entrega aos nossos clientes com todos os cuidados necessários e respeitando as regras das atividades essenciais (aquelas indispensáveis ao atendimento das necessidades urgentes da população) definidas por lei, na sequência do surgimento da COVID-19, no Brasil.

Para informações mais atualizadas e dicas para prevenção, por favor acesse o site do Ministério da Saúde.

Veja abaixo respostas a algumas dúvidas mais frequentes:

1. Posso fazer um pedido? A Amazon entregará o pacote?

Sim. A Amazon e seus parceiros de negócios continuam atendendo os pedidos em todo o país para todos os produtos disponíveis em nosso site. Ao selecionar um endereço de entrega, esteja ciente de que endereços comerciais podem estar fechados e não recebendo entregas.

Continuaremos observando essa situação de perto, mantendo foco na segurança de nossas equipes e garantindo o cumprimento das promessas aos clientes. Acompanharemos também as orientações das autoridades de saúde locais e internacionais.

2. Os prazos de entrega serão afetados?

Seu pedido enviado pela Amazon será entregue dentro prazo estimado exibido na finalização do pedido. No momento, o prazo de entrega para alguns produtos pode estar maior do que o normal. Você pode verificar os prazos na finalização do seu pedido e acompanhar a entrega por meio de nosso site na página Seus Pedidos, em Sua Conta.

3. Por que alguns itens, Prime e não-Prime, estão demorando mais para serem enviados?

Estamos comprometidos com o envio rápido durante todo o ano, incluindo milhares de itens disponíveis para entrega expressa e prioritária. Para atender a demanda e melhorar a velocidade da entrega, continuamos a fazer atualizações regulares e críticas em nossos processos de logística, transporte, cadeia de suprimentos e outros, mantendo medidas de saúde e segurança para proteger nossos funcionários no momento em que eles fazem a seleção, embalagem e envio de produtos. Também adicionamos capacidade à nossa rede, contratamos novos funcionários e anunciamos planos para contratar mais funcionários em tempo integral e parcial, além de vagas temporárias adicionais para complementar nossa força de trabalho atual.

4. É possível devolver produtos?

Sim, a devolução de produtos pode ser realizada normalmente diretamente em nosso site. Acesse Seus pedidos para devolver um produto ou verificar a janela de devolução do seu pedido.

5. Qual a recomendação às transportadoras ao entregarem os produtos aos clientes?

Continuamos a trabalhar em estreita colaboração com especialistas de saúde para garantir que estamos tomando as precauções corretas. Implementamos uma série de medidas preventivas para funcionários, parceiros de entrega e transporte em nossas instalações em todo o mundo. Os entregadores foram orientados a reduzir o contato com os clientes. Se solicitado no momento da entrega, os entregadores podem colocar o pacote na porta e se afastar, para que o cliente possa receber seu pacote com segurança para as duas pessoas. Outra medida para a redução de contato é que a assinatura no momento do recebimento não é mais necessária, bastando apenas que o cliente informe verbalmente o número de seu documento. Após o recebimento do produto, recomenda-se o descarte das embalagens e que se lave bem as mãos.

6. Como estamos dando suporte aos nossos parceiros de negócio?

Entendemos o impacto que a COVID-19 teve em muitos de nossos parceiros e estamos trabalhando para ajudá-los durante esse período difícil. Reduzimos entre 50% e 70% a taxa de comissão para parceiros de negócios nas categorias que vendem produtos essenciais até 31 de maio de 2020.

Também fornecemos atualizações regulares por meio dos canais de comunicação direta e orientamos sobre como os parceiros de negócios podem atender pedidos.

7. O que a Amazon está fazendo sobre o aumento de preços?

Não há espaço para abuso de preço na Amazon. Estamos decepcionados com o fato de que alguns parceiros de negócios estejam aumentando os preços dos produtos de necessidades básicas durante uma crise de saúde global. De acordo com nossa política, bloqueamos ou removemos ofertas cujos preços aumentaram de forma abusiva. Continuamos a monitorar ativamente nossa loja e remover ofertas que violam nossas políticas.

8. O que a Amazon está fazendo para manter a segurança dos clientes e funcionários?

Priorizamos a segurança e a saúde de nossos funcionários e investimos milhões de reais para fornecer um local de trabalho seguro. É por isso que, no início da pandemia, agimos rapidamente para fazer mais de 150 ajustes no processo relacionados ao COVID-19 - desde aprimorar as medidas de limpeza e distanciamento social até o fornecimento de equipamento de proteção individual, como máscaras e luvas. Implementamos verificações de temperatura, o uso de desinfetante e estamos com um projeto piloto de fazer testes de COVID em muitos de nossos sites. Além disso, quando possível, nossos funcionários estão trabalhando remotamente de suas casas.

9. O que a Amazon está fazendo de diferente para apoiar seus clientes durante a quarentena?

Nossos clientes podem aproveitar conteúdos gratuitos durante este período: são milhares de livros digitais gratuitos disponíveis em amazon.com.br/ebooksgratuitos.

Além disso, clientes que possuem dispositivos Echo ou o aplicativo Alexa podem utilizar funcionalidades e skills especiais. Apoiado em fontes como o Ministério da Saúde e Hospital Israelita Albert Einstein, é possível agora perguntar à Alexa "Como sei se tenho COVID-19?" e receber informações sobre sintomas e indicações médicas. A Alexa poderá ajudar também indicando a instituição de saúde pública mais próxima, por meio de informações fornecidas pelo Ministério da Saúde, basta perguntar "Alexa, qual o posto de saúde mais próximo?".

A Alexa também pode sugerir brincadeiras para divertir as crianças em casa, sugestões para trabalhar melhor de casa, entre outras dicas.

10. O que a Amazon está fazendo para apoiar a comunidade?

Para ajudar nossa comunidade perante o cenário atual do coronavírus no Brasil, a Amazon realizou uma doação no valor de 5 milhões de reais para apoiar duas instituições na luta contra a COVID-19. As organizações Comunitas, localizada em São Paulo, e a Fundação Alice Figueira, em Pernambuco, utilizarão estes recursos para a compra de ventiladores mecânicos, máscaras e merendas para escolas da rede pública. A Amazon também doou R$ 5,3 milhões repassados à Comunitas que coordena a campanha de financiamento para construir a fábrica de vacinas do Instituto Butantan.

COVID-19 : Perguntas Frequentes | Amazon.com.br

Manteremos esta página de Perguntas Frequentes em relação à COVID-19 atualizada com as últimas informações sobre pedidos, entregas, medidas de segurança e outros detalhes a respeito de nossas operações na Amazon. Neste período do coronavírus, reforçamos que estamos trabalhando continuamente para que nossos clientes possam receber os produtos que precisam, sempre respeitando os cuidados necessários e respeitando as regras das atividades essenciais (aquelas indispensáveis ao atendimento das necessidades urgentes da população) definidas por lei.

Estas informações foram úteis?

Agradecemos o seu comentário.

Selecione a opção que melhor descreve as informações:

Obrigado! Embora não seja possível responder diretamente ao seu comentário, usaremos estas informações para melhorar nossa Ajuda on-line.